Four steps to create a Sales funnel

Funil de vendas

Você está lutando para gerar receita para o seu negócio de cursos online, mas está difícil? Provavelmente, o que está faltando é criar um funil de vendas para captar mais leads. Saiba que vender cursos online não é uma tarefa difícil, mas é preciso conhecer alguns caminhos para chegar ao sucesso.

Sem dúvida, o marketing e a venda de produtos digitais é um desafio que muitos criadores de cursos online enfrentam. Afinal, nem todos conhecem as melhores técnicas para alcançar seu público-alvo.

Mas, esse não é um motivo para desistir do seu sonho de ensinar online. Então, se a sua ideia é causar um impacto positivo na vida de outras pessoas compartilhando seu conhecimento, vá em frente!

Além de criar um ótimo curso online é preciso ter um processo específico para atrair clientes. E isso é o que chamamos de funil de vendas.

Neste artigo vamos mostrar como configurar um funil de vendas para funcionar virtualmente no piloto automático. Isso significa que você conseguirá vender cursos online enquanto assiste a um filme ou até mesmo enquanto estiver dormindo.

O que é um funil de vendas?

Um funil de vendas é um processo pelo qual você orienta seus clientes em potencial a tomar a decisão de comprar seu curso online.

Mas, é preciso saber diferenciar um funil de vendas do uso de certas estratégias de marketing para divulgar seu infoproduto.

Por exemplo: os anúncios no Facebook são uma estratégia de marketing. Além disso, publicar um vídeo promocional no YouTube também é. Você entendeu a ideia?

Portanto, as estratégias de marketing são o que você usa para trazer as pessoas para o seu processo de vendas. Implementar algumas táticas para atrair seu público-alvo é a primeira etapa do processo, mas não é todo ele.

Usar estratégias de marketing sem integrá-las a um processo de vendas dificilmente gera resultados. Então, tenha em mente que você precisa orientar as pessoas por um processo que terminará com a decisão de se inscrever em seu curso.

O funil de vendas que vamos mostrar não é o único tipo de funil que você pode criar para vender cursos online. No entanto, é o mais usado pelos criadores de infoprodutos.

Os únicos requisitos para configurar este funil de vendas são:

– Uma plataforma de e-mail marketing

Esse funil de vendas envolve a construção de uma lista de assinantes de e-mail e o envio de mensagens automatizadas. Portanto, você precisará de uma conta em uma plataforma de serviços de e-mail.

Recomendamos o MailChimp porque é gratuito e oferece recursos suficientes para você estabelecer uma estratégia de e-mail marketing eficiente.

– Fonte de tráfego

Um funil de vendas só funciona se as pessoas realmente entrarem nele. Então, para conseguir isso, você precisa de um público-alvo. Por exemplo: sua lista de e-mail, leitores do seu blog, seguidores nas redes sociais, etc.

Ou você pode gastar um pouco de dinheiro em anúncios para atrair as pessoas para o funil. Até que você coloque as pessoas em seu funil de vendas, ele não converterá ninguém.

Você atende a esses requisitos? Sim? Então vamos em frente:

4 etapas para criar um funil de vendas para vender cursos online:

Existem muitas peças diferentes que compõem esse funil de vendas, mas organizamos todo o processo em 6 etapas específicas.

1 – Identifique o problema que seu mercado-alvo está enfrentando

Sejamos honestos. Seu curso online não é para todos (não se preocupe, isso é uma coisa boa). Existe um tipo específico de pessoa que provavelmente se interessará pelo seu curso. Esse tipo de pessoa pertence ao seu nicho de mercado.

Sem entrar em muitos detalhes, vamos apenas dizer que é muito importante para o sucesso do seu negócio saber quem é seu mercado-alvo.

Sem um entendimento profundo de quem você está tentando ajudar com seu infoproduto (quais são suas dúvidas, desafios, pontos fracos e frustrações), será muito difícil para você criar um curso que os ajude.

Aliás, o ideal seria criar uma persona do comprador, ou seja, o seu cliente ideal. Ter essa clareza o ajudará na criação do funil de vendas para seu produto digital. Mas, por agora, vamos presumir que você já sabe quem é sua persona.

A partir daí, a próxima etapa é identificar um problema específico para o qual essas pessoas estão procurando uma solução. Mas, deve ser um que esteja relacionado ao tema do seu curso online.

Como você descobre o que seu público-alvo quer?

Existem basicamente duas maneiras de fazer isso. Você pode realizar algumas pesquisas sobre seu mercado-alvo ou pode perguntar a eles diretamente. O ideal é fazer ambos.

Vamos começar com o primeiro método.

Pesquise postagens e comentários em blogs dos concorrentes

Faça uma pesquisa no Google para encontrar os principais blogs sobre o tema do seu curso online. Leia os artigos mais populares nesses sites e os posts mais comentados nas redes sociais.

Frequentemente, você encontrará feedback (positivo e negativo) na seção de comentários, junto com perguntas feitas por pessoas em seu mercado-alvo.

Perguntas em grupos do Facebook

Junte-se a alguns grupos do Facebook que trate do tema do seu infoproduto. Preste atenção às perguntas que os membros estão fazendo.

Se alguém está publicamente pedindo alguma orientação sobre um problema específico, é possível que outras pessoas em seu mercado-alvo também tenham esse problema.

O segundo método é perguntar ao seu público-alvo:

Se você tiver uma lista de e-mail, envie mensagens para seus assinantes e pergunte qual problema eles estão enfrentando. Se você tem um grupo no Facebook, poste uma pergunta e incentive os membros a responder.

Outra opção é enviar a eles um link para uma pesquisa, onde podem inserir as respostas às suas perguntas em um formulário. O Formulário do Google é uma boa ferramenta de coleta de informações.

2 – Publique conteúdo gratuito que resolva um problema específico

Depois de identificar um problema para o qual seu público-alvo está procurando uma solução, a próxima etapa é publicar conteúdo gratuito que os ajude a resolver esse problema específico.

A ideia por trás dessa etapa de criação de um funil de vendas para vender cursos online é fornecer valor ao seu nicho de mercado antecipadamente e de graça.

Para isso basta compartilhar conteúdo que realmente os ajude. Dessa forma, você poderá ganhar a confiança deles e se posicionar como um especialista em seu nicho de mercado.

Seu conteúdo não precisa ser necessariamente uma postagem de blog. Se desejar, você pode publicar um vídeo no YouTube, por exemplo. Tente desenvolver um conteúdo de qualidade sobre o problema específico que você identificou na Etapa 1.

Dito isso, se você escrever uma postagem de blog, recomendamos um comprimento de pelo menos 2.000 palavras. Quanto mais tempo de leitura e mais útil for, melhor.

Além disso, você marcará pontos com o Google assim que descobrirem que você escreveu um dos melhores (se não o melhor) artigo online sobre um problema específico.

Você pode estar se perguntando: “por que ajudar alguém de graça a resolver seu problema vai ajudar a vender meu curso online?”

Então, a lógica por trás dessa estratégia é a seguinte: o problema que sua postagem ajudará a resolver não deve ser o ÚNICO problema que seu curso online os ajudará a solucionar.

Deve ser apenas um dos vários problemas que seu curso aborda. Portanto, sua postagem no blog ajuda o leitor, mas também revela um problema maior (para o qual seu curso é a solução).

Exemplo:

Vamos supor que sua ideia seja vender cursos online sobre: “Como emagrecer 10 kg em 30 dias”. De fato, seria muito difícil escrever um artigo que abordasse tudo que alguém precisa saber para perder peso nesse período de tempo.

Mas o que você pode fazer é resolver um problema menor que faz parte do processo geral do tema emagrecimento. Por exemplo: “como controlar o apetite.”

Nem todo mundo que lê sua postagem no blog se inscreverá em seu curso online, e isso é normal. A melhor maneira de separar os leitores casuais das pessoas com maior probabilidade de se inscreverem é fazer com que eles assinem sua lista de e-mail.

Para isso, você precisa oferecer um incentivo, como um e-book gratuito, por exemplo. Assim você estará oferecendo algo complementar as informações que você compartilhou na postagem do blog.

3 – Envie um e-mail de boas-vindas para novos assinantes

Sem dúvida, esta etapa é a mais fácil de todas as fases envolvidas na criação de um funil de vendas para vender cursos online. Usando seu provedor de serviços de e-mail, você pode criar uma mensagem de resposta automática.

Este é um e-mail que é enviado para alguém após um período de tempo pré-determinado. No caso de uma mensagem de boas-vindas seria imediatamente depois da inscrição na sua lista de e-mail.

Envie algo simples. Apresente-se, agradeça a eles por lerem sua postagem no blog e inclua um link para baixarem o material gratuito que você prometeu.

Você também pode convidá-los a entrar em contato com você (porque realmente falar com as pessoas em seu mercado-alvo nunca é uma má ideia). Informe que podem enviar e-mails a qualquer momento, segui-lo nas redes sociais, visitar seu site, etc.

Por fim, diga a eles que, se quiserem parar de receber seus e-mails, tudo o que eles precisam fazer é cancelar a assinatura de sua lista de e-mail. O marketing por e-mail só funciona quando as pessoas permitem que você as contate.

4 – Crie uma série de e-mails para vender cursos online

Como mencionei no início deste artigo, esse funil de vendas, uma vez criado, pode ser executado virtualmente no piloto automático. Uma das coisas que torna isso possível é uma série automática de acompanhamento por e-mail.

Isso funciona de forma simples. Você escreve vários e-mails e os adiciona à sua série de respostas automáticas (acompanhamento) usando seu provedor de serviços de e-mail.

Você pode decidir com antecedência quando esses e-mails serão enviados em relação ao dia em que alguém se inscreveu pela primeira vez em sua lista de e-mails.

Assim, por exemplo, você pode escrever 7 e-mails de acompanhamento. Em seguida, configurar sua série de resposta automática para enviar 1 e-mail por dia durante 7 dias para cada novo assinante em sua lista de e-mail.

O objetivo é garantir que todos os assinantes da sua lista recebam os mesmos e-mails, na mesma ordem e após a mesma quantidade de tempo. A ideia é convencê-los a comprar seu curso online.

Seu funil de vendas está pronto para vender cursos online, o que vem a seguir?

Ok, então, uma vez que seu funil de vendas está configurado, a próxima etapa é preencher seu funil com pessoas que provavelmente estão interessadas em seu curso online (seu mercado-alvo).

Aqui estão algumas maneiras de promover a postagem do seu blog para o público existente:

– Envie para sua lista de assinantes um e-mail com um link para a postagem do seu blog.

– Compartilhe a postagem do seu blog em todas as suas redes sociais.

– Compartilhe a postagem do seu blog dentro do seu grupo do Facebook.

Publique anúncios no Facebook para seus fãs existentes ou públicos-alvo de redirecionamento.

Se você não tem acesso direto ao seu público-alvo, não se preocupe. Você ainda tem outras opções.

Aqui estão algumas maneiras de fazer com que seu mercado-alvo encontre e leia a postagem do seu blog:

– Compartilhe o link da postagem do seu blog em grupos do Facebook nos quais as pessoas estão discutindo o tema do seu curso online.

– Publique um vídeo no YouTube (o segundo maior mecanismo de pesquisa do mundo) e direcione os espectadores para a postagem do seu blog a partir do vídeo.

– Otimize sua postagem de blog para os mecanismos de pesquisa (SEO), incluindo suas palavras-chave primárias no título, subtítulos e parágrafos de sua postagem.

Use seu funil para vender cursos online

Por fim, espero que essas etapas sobre como criar um funil de vendas para vender cursos online tenham sito úteis para você.

Pode levar algum tempo para criar, mas depois de ter um funil de vendas instalado e funcionando, sua única responsabilidade será garantir que novas pessoas entrem regularmente.

Como você faz isso depende totalmente de você. Uma boa ideia é escrever mais posts no blog, criar um grupo no Facebook ou um canal no Youtube. Você também pode usar os anúncios do Facebook para promover sua postagem do blog.

Faça o que puder, com o tempo e os recursos de que você dispõe. Ao criar conteúdo, bem como ímãs de leads que atraem seu público-alvo em cada estágio da jornada de compra do cliente, você atrairá o maior número possível de clientes em potencial para o funil de vendas.

Não espere que seu primeiro funil seja perfeito. Você deve sempre testar abordagens diferentes, fazer ajustes e medir os resultados.

O último conselho que gostaríamos de deixar é referente à plataforma EAD. Se você ainda não escolheu uma boa plataforma para vender cursos online, a dica é conhecer a plataforma EAD Genius. Essa poderosa ferramenta oferece inúmeros recursos e funcionalidades em um painel intuitivo.

Não esqueça que sua credibilidade está em jogo, então não basta apenas criar um funil de vendas para vender cursos online, você precisa saber também como entregá-lo a seus clientes de forma eficiente. E é aqui que entra a plataforma EAD Genius para ajudar você!

Share this content

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comments

    Join the VIP List

    Get exclusive content

    See more

    ®2022 Genius 2be | All rights reserved​