How to set the best Price for your product

Definindo preço de curso online

Se você criou um curso online, sabe que foi preciso tomar diversas decisões ao longo desse processo. Desde a escolha do tema do curso e os meios de divulgação, até os conteúdos a serem incluídos nas aulas. Mas agora você precisa tomar mais uma decisão: definir um preço de curso online.

Se você ainda não sabe quanto cobrar, não se preocupe. A maioria dos criadores de infoprodutos também tem essa dúvida. De fato, precificar um curso online não é algo tão simples para marinheiros de primeira viagem.

Na verdade, de todas as etapas envolvidas na criação e venda de produtos digitais, definir um preço de curso online está no topo da lista de decisões mais difíceis a serem tomadas pelo criador do curso.

Neste artigo, vamos mostrar como escolher o valor certo para que você tenha lucro na venda do seu curso online.

Afinal, cobrar pouco ou muito?

O preço do seu curso tem um impacto direto em praticamente todos os aspectos do seu negócio online. Isso inclui o tipo de marketing que você usará para promover seu infoproduto e o perfil de cliente que você pretende atrair.

Além disso, a quantidade de receita que você pode gerar com as vendas do seu curso. Então, ao cobrar pouco você mesmo estará desvalorizando seu produto digital. Isso limitará seu potencial de receita.

Por outro lado, cobrar muito pode atrair poucos interessados, o que pode gerar menos vendas. Nesse caso, provavelmente você será obrigado a reduzir o preço.

Infelizmente, não existe uma resposta única que possamos dar a cada criador de infoproduto que está procurando saber como definir preço de curso online.

Mas, baseado nas dicas de muitos especialistas, bem como criadores de cursos de sucesso, vamos mostrar o caminho para você escolher o preço ideal para a venda do seu curso online.

Sem dúvida, com a experiência deles nesse mercado, as informações aqui obtidas poderão dar a você uma boa noção do que funciona e do que não funciona.

Certamente, ao final desta postagem, você já terá uma ideia de quanto cobrar pelo seu curso online.

Geralmente, sem saber o que cobrar pelo primeiro curso, os criadores de produtos digitais começam com um valor baixo.

A partir daí, eles aumentam gradualmente o preço até encontrar o que funciona melhor para o seu nicho de mercado. Às vezes, eles melhoram seu conteúdo e até seu marketing antes de subir o preço.

Testar diferentes faixas de preço é uma maneira eficaz de encontrar o preço de venda ideal para o seu curso. Mas, a maior desvantagem dessa abordagem é que leva muito tempo.

Por que você deve resistir à tentação de cobrar um baixo preço de curso online

Quando você começa a ensinar online, pode ser difícil resistir à tentação de cobrar um preço baixo pelo seu curso, pensando que assim venderá mais. Talvez você não se sinta confiante em cobrar um preço alto. Ou, talvez você ainda não tenha muito conteúdo para incluir em seu curso.

Em muitos casos, os criadores de infoprodutos não têm ideia de quanto seu mercado-alvo está disposto a pagar. Além disso, não tem um grande público ou lista de e-mail para promover o curso online.

Também pode ter uma tonelada de recursos online ensinando a mesma coisa que você deseja ensinar em seu curso. Estamos falando de artigos de blog, e-books, podcasts, vídeos do YouTube e muito mais.

Sabendo disso, você provavelmente está se perguntando por que alguém pagaria um preço alto por seu curso quando há tantos conteúdos na Internet.

Sim, existem muitas pessoas por aí que não se importam de gastar várias ​​horas vasculhando informações online gratuitas. Mas essas são as pessoas que raramente gastam uma quantia significativa de dinheiro em um curso online.

Também há pessoas que costumam comprar vários cursos baratos, mas nunca os concluem de fato. Mas a boa notícia é que há um terceiro grupo de pessoas lá fora: pessoas que ficarão felizes em pagar um alto valor por um conteúdo de qualidade que seja organizado e fornecido em um formato conveniente para elas.

Essas pessoas querem aprender e ter acesso a um especialista, por isso estão dispostas a pagar por esse privilégio. Assim, não apenas concluirão seu curso, mas também colocarão em prática o que aprenderam. Definitivamente, são para essas pessoas que você deve criar e vender seu curso online.

O problema de cobrar um preço baixo pelo seu curso online

A seguir, alguns dos principais motivos pelos quais definir preço baixo para curso online não é uma boa ideia.

1 – Torna você preguiçoso com seu marketing

Quando você vende cursos online por um preço baixo, você fica preguiçoso com o marketing. Pense nisso. Você investiria uma quantidade significativa de tempo e dinheiro no marketing de seu curso se cada venda valesse apenas alguns reais para você? Provavelmente não.

Então, não cometa o erro de pensar que as pessoas vão comprar algo só porque é barato. O seu público-alvo quer saber exatamente o que está incluído no que estão comprando e se isso tem valor.

Só porque o preço é baixo, não significa que eles usarão seu cartão de crédito e comprarão de você, sem fazer perguntas. Preço baixo ou não, você ainda precisa divulgar seu curso  e persuadir seu comprador em potencial a gastar seu dinheiro suado.

2 – Você não pode se dar ao luxo de anunciar seu curso

Quando seu curso online é barato, você limita imediatamente sua capacidade de gastar dinheiro promovendo ele.

Na verdade, quando você tem um preço baixo para curso online, é mais provável que perca dinheiro do que tenha lucro quando pagar por publicidade.

Vejamos um exemplo:

Vamos supor que você venda seu curso online por R$ 50 e gaste algum dinheiro em anúncios do Facebook Ads. Depois de executar algumas campanhas, percebe que seu custo médio por lead é de R$ 5.

Um lead, só para deixarmos claro, é alguém que expressa interesse em seu curso. É uma pessoa que clica em seu anúncio ou se inscreve em sua lista de e-mail, por exemplo, mas ainda não comprou seu curso.

Para continuar com este exemplo, vamos supor que sua taxa de conversão de leads em compradores seja de 5%. Portanto, para cada 20 leads obtidos, você vende 1 curso (20 x 5% = 1).

Como cada lead custa R$ 5, você precisa gastar R$ 100 em anúncios para gerar uma única venda no valor de R$ 50. Nesse cenário, você perde R$ 50.

Como você viu, ter um baixo preço de curso online torna mais difícil obter lucro com seus gastos com publicidade.

3 – Você degrada o valor do seu curso online

Como regra geral, tanto online quanto offline, você obtém o que pagou. Isso significa que vender seu infoproduto por um preço baixo reduz drasticamente o valor percebido.

Se o preço é barato, muitas pessoas presumem que o produto digital é de baixa qualidade. Essa é a suposição que seu mercado-alvo terá. O valor percebido de seu curso online será um grande impulsionador das vendas.

Saiba que há um efeito psicológico que o preço do curso terá no seu mercado-alvo. Do ponto de vista da marca, é melhor posicionar seu curso online como a opção premium em seu mercado.

4 – O treinamento online não é menos valioso do que o treinamento presencial

O valor percebido de um produto digital é menos influenciado pelo meio de sua entrega e mais por fatores como a experiência do produtor.

Além disso, a clareza do tema para atender as necessidades do aluno e o resultado que fará seus alunos alcançarem.

Algumas pessoas até preferem aprender online pela simples razão de que é mais conveniente e podem aprender em seu próprio ritmo.

Ao tentar avaliar o valor que os clientes em potencial podem atribuir às suas ofertas de infoprodutos, é importante deixar de lado quaisquer preconceitos que você possa ter.

É normal presumir algumas coisas sobre o método de entrega. Muitas pessoas acreditam que o ensino presencial tem mais valor do que o ensino online. Pensando assim, você não terá clientes!

5 – É perda de tempo competir por preço de curso online

Competir apenas pelo preço é uma corrida que não leva a lugar nenhum. Os clientes leais ao vendedor com o preço mais baixo não são o tipo de cliente que você gostaria. Não perca seu tempo tentando servir a essas pessoas.

Concentre-se em divulgar seu curso para pessoas que respeitarão o valor do seu produto digital e que não vão cancelar a compra e pedir reembolso no momento em que encontrarem um curso semelhante mais barato.

6 – É preciso tanto esforço para vender um curso de baixo preço quanto para vender um de alto preço

O esforço para fazer alguém comprar é apenas um pouco mais fácil a um preço mais baixo. O preço e os descontos podem influenciar o cliente na hora da compra, mas o preço é apenas parte dessa equação.

Obter leads nutri-los e, eventualmente, vender para eles requer um investimento de tempo, esforço e, em muitos casos, dinheiro.

O processo de vendas pelo qual você orienta alguém a comprar um curso online barato provavelmente não será muito diferente do processo pelo qual você os orienta para comprar um curso de preço alto.

Para cada hora ou real que você investe vendendo um curso de preço mais alto, é provável que veja um melhor retorno sobre esse investimento do que com um curso de preço mais baixo.

Isso ocorre porque geralmente é preciso quase tanto trabalho e investimento para obter uma venda a um preço baixo quanto a um preço alto.

Se você estiver criando um funil de vendas, veiculando anúncios, enviando e-mails ou até mesmo publicando em redes sociais para promover seu curso online, esses custos costumam ser muito semelhantes, independentemente de quão alto seja seu preço.

Portanto, ser capaz de cobrar mais significa que você terá um retorno muito melhor sobre seu investimento.

Como definir preço de curso online

Se você decidir vender seu curso por um preço baixo, faça isso de forma intencional e estratégica. Mas se você estiver pronto para cobrar um valor mais alto, faça o seguinte:

Não fixe o preço com base na duração do curso

Muitos criadores de infoprodutos pensam que para cobrar um preço alto, eles precisam criar um curso online muito longo. Isso não é verdade. A duração do curso não deve ser um fator determinante na definição do preço.

Avalie o preço do seu curso com base no valor do conteúdo. Se você pode ensinar alguém a obter o resultado que deseja com 3 horas de instrução, não crie 7 horas de treinamento.

Dito isso, seus clientes vão esperar certa quantidade de conteúdo com base no preço que vão pagar pelo seu produto digital.

Por exemplo, se você cobrar R$ 500 por um curso online que contém 30 minutos de conteúdo, seus clientes se sentirão enganados. Então, use seu bom senso!

Se você cobrar R$ 500 ou mais pelo seu curso, a recomendação é incluir pelo menos de 3 a 5 horas de treinamento nele.

Um grande erro aqui é que as pessoas pensam que para justificar o preço, precisam adicionar o máximo de conteúdo que puderem. Assim, acabam “enchendo linguiça” com informações irrelevantes.

Dê uma olhada na sua concorrência

Uma boa dica é avaliar seu curso online com base no valor que você fornece aos clientes por meio de seu conteúdo e suporte, e no valor do resultado que eles alcançarão. Pense em quanta credibilidade você tem em seu mercado.

Se você for pesquisar sua concorrência, faça isso para validar a demanda do mercado, não para escolher o preço do seu curso online.

Outra opção é comprar um curso do concorrente apenas para ver o que há nele e usá-lo como referência para criar o seu com algum diferencial.

Conclusão

Por fim, o preço ideal para seu curso online dependerá de seus objetivos específicos de negócios. Então, defina um valor, promova a venda e veja o que acontece. Você pode alterá-lo depois, se necessário.

Continue testando até encontrar o ponto ideal entre o que seu mercado está disposto a pagar e o que faz sentido para seus negócios e metas de receita.

O próximo passo é escolher a melhor plataforma EAD para agregar ainda mais valor ao seu produto digital. A dica é conhecer a plataforma EAD Genius, uma solução que oferece inúmeros recursos e funcionalidades em um painel intuitivo para ajudá-lo a gerenciar e vender seu curso online.

Share this content

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comments

    Join the VIP List

    Get exclusive content

    See more

    ®2022 Genius 2be | All rights reserved​